Pesquisar

21 de mai de 2012

"Depois de disputarmos o papel, vamos disputar o amor do mocinho” diz Lívia Andrade:


Sucesso nos anos 90, "Carrossel" está de volta à TV. A partir de amanhã, às 20h30, o público vai poder conferir o remake da novelinha mexicana, produzido pelo SBT, com adaptação de Íris Abravanel, que fez questão de manter os dramas e amores dos alunos, como a famosa paixão não correspondida de Cirilo (Jean Paulo Campos) por Maria Joaquina (Larissa Manoela). No elenco, Maisa Silva, a filha da cantora Simony, Aysha Benelli, e mais 15 crianças. 
“É uma verdadeira sala de espera de um hospício. Mas elas são muito competentes”, afirma o diretor da trama, Reynaldo Boury, sobre a criançada.
A ideia de fazer a versão brasileira de "Carrossel" veio de dentro da casa dos Abravanel. Daniela Beyruti, diretora artística do SBT e filha de Íris e Silvio Santos, foi quem sugeriu à mãe.
“Me lembro de acordar de madrugada com a Daniela chorando, porque tinha sonhado que o Cirilo era maltratado pela Maria Joaquina”, conta a autora.
Na pele da adorada professora Helena está Rosanne Mulholland, que disputou o papel com Lívia Andrade, sua rival na trama. A queridinha de Silvio Santos dará vida à ardilosa professora Suzana, que vai atrapalhar o romance de Helena com o professor de música René (Gustavo Wabner). Lívia é só elogios à colega de elenco. 
“Ela é uma fofa, ótima atriz. E depois de disputarmos o papel, vamos disputar o amor do mocinho”, brinca Lívia, que chegou a diminuir os seios para a personagem. Rosanne também nega qualquer desentendimento com Lívia fora da ficção. “Existe essa história de não nos darmos bem. Mas damos muitas risadas no camarim”, garante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário